0,00€
A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z
Livros relacionados
 
Livros relacionados
 
 
Livros relacionados
 

É professor auxiliar do departamento de sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) e investigador no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL), Portugal. Actualmente é director do Observatório das Desigualdades, subdirector do CIES-IUL, e membro da rede europeia Inequality Watch. Tópicos como as desigualdades sociais e territoriais, o Estado social, as políticas públicas, as mobilidades espaciais, e o capital social têm sido os temas principais da sua investigação e dos projectos que coordenou e coordena. Recentemente publicou nas revistas: European Societies, Sociologia Ruralis, Time & Society, Sociological Research Online, European Planning Studies, Portuguese Journal of Social Science, entre outras. Publicou 22 livros (16 como editor e 6 como autor e co-autor). Preside ao grupo de trabalho sobre indicadores de desigualdades sociais do Conselho Superior de Estatística – Secção permanente de estatísticas sociais (INE). Desde a finalização do doutoramento recebeu vários prémios científicos.

Livros relacionados
 
Livros relacionados
 
Livros relacionados
 

Ricardo Jacinto (Lisboa, 1975) vive e trabalha em Lisboa e Belfast.

Artista sonoro e músico, concentra-se principalmente na relação entre som e espaço. Desde 1998 tem apresentado o seu trabalho em exposições, concertos e performances individuais e em grupo, em Portugal e no estrangeiro, e tem colaborado extensivamente com outros músicos, arquitectos e artistas. Apresentou o seu trabalho em diversas exposições individuais e colectivas como: Projet Room CCB – Lisboa, Circulo de Belas-Artes – Madrid, MUDAM – Luxemburgo, Centro Cultural Gulbenkian – Paris, Manifesta 08 – Bienal Europeia de Arte Contemporânea em Itália, Loraine Frac-Metz, OK CENTRE – Linz – Áustria, CHIADO 8 – Culturgest – Lisboa, Casa da Música – Porto e Bienal de Arquitectura de Veneza de 2006. Como músico-performer actuou em diversos locais como: Fundação de Serralves – Porto, Palais Tokyo – Paris, SARC – Belfast, Festival VERBO – São Paulo, Festival Temps d’ Images – Lisboa, Festival Rescaldo – Lisboa, Festival BigBang – CCB – Lisboa, Culturgest – Porto e Lisboa, ZDB – Lisboa, Dança Base – Edimburgo, Kabinett 0047 – Oslo, Fundação Calouste Gulbenkian – Paris e SARC – Belfast.

Livros relacionados
 
Livros relacionados
 
Livros relacionados
 
Livros relacionados
 
Livros relacionados
 
Livros relacionados
 

Economista, doutorado em «Analyse et planification du développement» da Université des Sciences Sociales de Grenoble (França). É Professor Associado do ISCTE, no Departamento de Economia, leccionando as disciplinas de Economia e Políticas de Desenvolvimento e Economia Social, da licenciatura em Economia, e coordenando os mestrados de “Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais e Economia Social e Solidária desse mesmo instituto. É Presidente da Direcção e fundador da PROACT – Unidade de Investigação e Apoio Técnico ao Desenvolvimento Local, à Valorização do Ambiente e à Luta Contra a Exclusão Social – e membro da Direcção do Centro de Estudos Africanos do ISCTE. É ainda presidente da ANIMAR - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local.Tem várias publicações sobre temas de Desenvolvimento e Economia Solidária, além de várias comunicações apresentadas em encontros, congressos e colóquios nacionais e internacionais.

Livros relacionados
 
Livros relacionados
 
Livros relacionados
 

Nasceu em 1954 em São Paulo, Brasil, onde vive e trabalha. É graduada em Arquitetura pela Universidade de São Paulo, pela FAUUSP (1977). Fez especialização em Museologia pela USP em 1978/80 e em Comunicação e Semiótica pela PUC_SP em 2005. Atua como curadora e comissária independente desde 1987. Fundou com Thomaz Farkas a primeira galeria de fotografia do Brasil, a Galeria Fotoptica em 1979, onde atuou até 1987. Curadora do Festival de mídia eletrônica VideoBrasil (1982 a 2002). Foi curadora do Espaço Cultural CITIBANK de 1987 a 1991. Atuou como coordenadora geral de projetos do Núcleo Amigos da Fotografia NAFOTO de 1990 a 1997, no qual realizou o I , II e III Mês Internacional de Fotografia e Seminário Internacional da Fotografia (93, 95, 97 respectivamente). Foi gestora cultural do Armazém Cultural 11 Santos SP (2015). Coordenou projetos de educação e formação em fotografia na Casa da Fotografia FUJI 1994 a 2013. Foi curadora da FNAC Brasil 1994-2004). 

Livros relacionados
 
 

Rui Sanches (Lisboa, 1954) inicia formação plástica no Ar.Co, em Lisboa. Prossegue-a no Goldsmiths’ College, Londres, onde tirou um Bachelor of Arts em 1980, e na Yale University, New Haven, onde obteve um Master of Fine Arts, em 1982, sendo bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. De regresso a Portugal, deu aulas no Ar.Co, onde foi também responsável pelo Departamento de Escultura e membro da Direcção, e no IADE. Expõe colectivamente desde 1985 e individualmente desde 1984, tanto em Portugal como no estrangeiro. Nos anos 80 e 90 está ligado à direcção do CAM da FCG, desenvolvendo trabalho de curadoria de exposições. A partir de 1993 realiza também intervenções em espaços públicos. É representado em diversas colecções públicas e privadas no país e no estrangeiro, tendo sido premiado com o Prémio AICA em 2008.

Livros relacionados
 
 
RECEBA AS NOVIDADES!
SUBSCREVA A NEWSLETTER E ESTEJA SEMPRE A PAR DE NOVIDADES E PROMOÇÕES
REDES SOCIAIS
© 2014. Sistema Solar. Todos os Direitos são reservados - Política de Privacidade | Livro de Reclamações Digital
design bin?rio