0,00€
A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z
Jean Genet

Paris, 19 de Dezembro de 1910 – Paris, 15 de Abril de 1986. Abandonado pela mãe para a Assistência Pública, injustamente acusado de furto aos 10 anos, colocado numa casa de correcção, alistado na Legião estrangeira (1930), desertor (1932), detido e aprisionado várias vezes, Jean Genet fez, na primeira parte da sua vida, a experiência da vagabundagem e da revolta. Na sua obra, o que a sociedade chama o mal (furto, prostituição, delação, homossexualidade) foi elevado a critério estético. Nos seus romances, poemas, e no seu teatro, este cantor do desejo homossexual, dos ladrões e dos marginais evocou a sua juventude delinquente e fustigou as hipocrisias do mundo contemporâneo.

ARTIGOS RELACIONADOS
 
RECEBA AS NOVIDADES!
SUBSCREVA A NEWSLETTER E ESTEJA SEMPRE A PAR DE NOVIDADES E PROMOÇÕES
REDES SOCIAIS
© 2014. Sistema Solar. Todos os Direitos são reservados - Política de Privacidade
design bin?rio