0,00€
Prémio internacional de Tradução Literária da Fundação Ramon Llull distingue o tradutor português Artur Guerra
23-11-2018

O tradutor português Artur Guerra acaba de ser distinguido com o Prémio Ramon Llull de Tradução Literária pela tradução, do original catalão para português, de Tirant lo Blanc, de Joanot Martorell. A edição é da Documenta, chancela da editora Sistema Solar.

Este prémio visa reconhecer a importância do trabalho dos tradutores literários e premeia a melhor tradução literária, do catalão para outras línguas, editada no ano anterior. O júri, escolhido pela Fundação Ramon Llull, foi constituído por quatro membros de reconhecido mérito no mundo da tradução literária: Francesc Parcerisas, poeta, professor, tradutor e crítico literário (presidente do júri); Montserrat Camps, doutora em Filologia Clássica e professora de Filologia Grega na Universidade de Barcelona; Anna Casassas, licenciada em Direito e tradutora; Monika Zgustová, escritora e tradutora.

O prémio foi outorgado, não só pela tradução de Tirant lo Blanc, mas também pela trajectória de Artur Guerra como tradutor.

 

[mais informação: blogue-documenta.blogspot.com]

 

 

 

RECEBA AS NOVIDADES!
SUBSCREVA A NEWSLETTER E ESTEJA SEMPRE A PAR DE NOVIDADES E PROMOÇÕES
REDES SOCIAIS
© 2014. Sistema Solar. Todos os Direitos são reservados - Política de Privacidade
design bin?rio