0,00€

NOITE, NOITE MAIS DO QUE HOJE
Unidades:
PREÇO:
10.00€
AUTOR
EDITORA
Documenta
SINOPSE

Este livro, com desenhos de João Jacinto, foi publicado por ocasião da exposição «Noite, noite mais do que hoje», realizada nos Artistas Unidos, Teatro da Politécnica, Lisboa, em Setembro e Outubro de 2016.

 

«Quando a taciturna chegar e decapitar as túlipas», dizia Paul Celan, o poeta que logo procurei ao chegar um dia destes do atelier do João Jacinto, e de ele me mostrar uma infinidade de papéis (não disse desenhos, não sei se são, o carvão aqui pinta o magma, a noite sem redenção, serão pintura). «Quando a taciturna chegar.» E neste poema, ele pergunta: «quem assomará à janela?» Procuro esta poesia para salvar o susto? Redimir o temor? Procuro estes dizeres para arrumar o medo? Para sobreviver ao inverno dos corpos? Na arte (mortuária? espectral?) de João Jacinto, emergem figuras, assombrações, pesadelos, fantasmagorias. Emergem, disse. Mas podia também dizer «afundam-se». E repetem-se, repetem-se, repetem-se, avassaladoras.

[Jorge Silva Melo]

Apresentação: Jorge Silva Melo
Data:
Setembro de 2016
Acabamento:
Brochado
Formato:
16,5 x 22 cm
Páginas:
48
EAN:
9789898834348
OBSERVAÇÕES

Em colaboração com a Giefarte.

ARTIGOS RELACIONADOS
RECEBA AS NOVIDADES!
SUBSCREVA A NEWSLETTER E ESTEJA SEMPRE A PAR DE NOVIDADES E PROMOÇÕES
REDES SOCIAIS
© 2014. Sistema Solar. Todos os Direitos são reservados - Política de Privacidade
design bin?rio